Posts Recentes

Quais as diferenças entre Antivírus Pago e Gratuito?

Por Jorge Sampaio → sexta-feira, julho 21
O antivírus é um programa nuclear, indispensável para garantir a segurança do seu computador. A Internet está longe de ser um "lugar" seguro, e as ameaças surgem de onde menos espera. Seja a ler emails, a clicar em links no Facebook, a baixar arquivos de fontes "desconhecidas", etc.

Atualmente existe uma enorme oferta de antivírus gratuitos e pagos, capazes de garantir resultados sólidos. No entanto, é normal fazer a pergunta, qual a diferença entre os antivírus pagos e gratuitos? Vale a pena investir o seu dinheiro?

Quais as diferenças entre Antivírus Pago e Gratuito?



Para responder a essa pergunta, basta observar as funcionalidades oferecidas em cada versão. Vamos tomar como exemplo o antivírus Avast. A versão gratuita oferece proteção contra vírus e outros malwares, bem como verificação de segurança da rede Wi-Fi e proteção de senhas.

A versão "PRO" adiciona várias camadas de segurança importantes, evitando sites falsos (tentativas de Phishing) e protegendo as suas informações bancárias. A versão Pro também lhe permite executar programas "suspeitos" em ambientes isolados e seguros, evitando contaminar o seu sistema.



O AVG também oferece vários serviços adicionais na versão PRO, aumentando o nível de segurança do seu computador. A versão gratuita do AVG oferece a tradicional proteção contra vírus, trojans, spyware e outros malwares. O AVG também bloqueia ligações, downloads e anexos perigosos que possam colocar em causa a segurança do PC.

Ao comprar a versão PRO do AVG, irá obter uma Firewall, garantindo uma maior segurança contra hackers e uma proteção contra sites falsos.

O AVG permite-lhe ainda encriptar e esconder os seus arquivos sensíveis para uma maior privacidade. Ao comprar a versão PRO obtém gratuita uma versão PRO para o seu Android.



Conclusão:



Ambas as versões dos antivírus (gratuitas e pagas) são capazes de oferecer bons níveis de segurança. No entanto, os antivírus pagos possuem várias camadas de "segurança" extra que podem fazer a diferença.

Além disso, as versões PRO são mais autónomas, praticamente dispensando a atenção do utilizador, e claro, não exibem avisos constantes para comprar as versões PRO (como acontece quando usa um antivírus gratuito).

O que acontece se excluir a pasta System32?

Por Jorge Sampaio → quinta-feira, julho 20
A pasta System32 é essencial para o seu Windows, sendo o diretório onde se encontram os arquivos nucleares do sistema. No entanto, por brincadeira (de mau gosto), é muitas vezes referenciadas como vírus e desnecessária, levando muitos utilizadores a querer excluir a pasta System32.



O que acontece se excluir a pasta System32


O que acontece se excluir a pasta System32?



Vamos começar pelo óbvio, muitos dos arquivos do system 32 são DLL (Dynamic Link Libraries), que contém código que pode ser executado, acedido e partilhado por vários programas incluindo o próprio Windows.

As DLL permitem executar várias funcionalidades como a interface do Windows, verificação de erros, actualizações do Windows, suporte de streaming, serviços de encriptação, reprodução de vídeo e áudio, etc. A falta desses arquivos compromete a capacidade de funcionamento do seu Windows.

O System 32 também inclui a maioria dos drivers do Windows (o que é um driver?), bem como elementos do Kernel, o código fundamental que faz o Windows trabalhar.

Alguns dos arquivos do System 32 não podem ser excluídos porque já se encontram carregados na memoria, logo após o arranque do Windows. Mas apagando outros arquivos do System 32 irá acabar danificar elementos do Windows, fazendo que o mesmo não consiga arrancar na próxima vez que ligar o PC. Para recuperar, será necessário usar as ferramentas da recuperação para voltar a entrar no Windows.



Dito isto, é importante que compreenda que nunca deverá excluir a sua pasta System32. Caso tenha problemas com arquivos contidos nessa pasta, poderá usar as ferramentas do próprio Windows.

Windows 10 não desliga - Como resolver? [Soluções]

Por Jorge Sampaio → terça-feira, julho 18
Muitos utilizadores do Windows 10 têm reportado um problema caricato, em que o Windows 10 não desliga. Em alguns casos, a tela apaga, mas as luzes e os componentes interiores (CPU, disco, etc.) continuam a trabalhar.

Windows 10 não desliga - Como resolver


Este problema, é normalmente provocado pela funcionalidade “Arranque rápido” do Windows, que foi desenhado para cortar o tempo de arranque de sistema. Na prática, o Windows salva o estado do sistema operacional num arquivo de hibernação, economizando segundos valiosos sempre que você liga sua máquina.

Método 1 - Desativar o arranque rápido



Comece por pressionar com o botão direito do rato (mouse) no ícone do menu Iniciar e selecione “Opções de Energia”. Em alternativa, poderá simplesmente clicar com o botão direito do rato no ícone da bateria que se encontra perto do relógio do Windows.

Na janela que surge, escolha a opção "Escolher o que fazem os botões ligar / desligar". Agora, clique no link "Alterar definições que estão atualmente indisponíveis". Desmarque a caixa "Ativar Arranque rápido (recomendado)".



Método 2 - Desativar a hibernação

Outra forma de desactivar a opção “Arranque rápido” é desativando a opção de hibernar. Para isso, pressione com o botão direito do rato no ícone do menu iniciar do Windows 10 e chame a linha de comando (Admin).



Na janela que surge digite o seguinte comando: powercfg -h off

Após desativar esta opção, o seu computador irá desligar completamente na próxima vez.

Método 3 - Restaurar o PC

Caso o problema não desapareça, podemos estar perante um erro mais grave do Windows. Não obstante, o próprio Windows 10 possui as ferramentas necessárias para reverter as configurações problemáticas e restaurar o estado original da funcionalidade.

Para mais detalhes, consulte o seguinte tutorial : Como fazer reset do Windows 10

Porque minha Internet cai toda hora? Como Resolver? [Soluções]

Por Jorge Sampaio → segunda-feira, julho 17
Já aconteceu a todos nós, estar a navegar na Internet, a jogar online, ou ver a nossa série favorita quando subitamente a Internet cai. O seu Windows começa a exibir um ícone amarelo indicando que não existe ligação, ou que possui uma ligação limitada.

Porque minha Internet cai toda hora


Por norma, um simples reiniciar do router é suficiente para resolver o problema (lembrando que deve esperar alguns segundos antes que voltar a ligar). Mas porque razão isto acontece tantas vezes? A resposta está muitas vezes no router. Embora o router pareca um dispositivo “simples” ele é responsável por diversas operações.

1. Router sobrelotado




Tal como um computador, um router está equipado com um processador, memória, placa mãe, e até mesmo um sistema operativo, que ajuda o seu router a gerir as ligações da sua rede, decidindo o que deve ser enviado e para onde deve ser enviado.

Caso o seu router possua vários dispositivos conectados, a fazer ligações e downloads em simultâneo, poderá esgotar os seus recursos. Como tal, experimente desligar os dispositivos "desnecessários" da sua rede, e verifique se existem intrusos na sua Wi-Fi.



2. IP Dinâmico

Outro ponto a ter consideração é o recurso ao IP dinâmico (Dynnamic IP Adress) por parte das operadoras. Isto significa que o seu IP muda automaticamente ao fim de um certo período de tempo. O IP é um número que o identifica na Internet, funcionando como a “morada” do seu dispositivo, para receber os dados.

Se o seu router estiver muito ocupado, pode não assumir o novo IP e continuar a tentar comunicar com o anterior, levando a perda da ligação, ou seja, é como tentar receber correio na sua morada antiga.

3. Temperatura

Outro aspecto a ter em conta é a temperatura. Muitos de nós temos a tendência em ”esconder” o router em espaços apertados e cheios de fios, bloqueando as entradas de ar. Para além de reduzir o alcance da sua rede Wi-Fi, também leva á diminuição do desempenho do router que necessita de arrefecer.

4. Interferência


Nem sempre a Internet cai por causa de problemas de funcionamento do router. Se usa uma rede Wi-Fi, as interferências podem levar ao interrompimento de ligação, especificamente se estiver numa área sobrelotada por outros routers, microondas e até monitores de bebé.

Para verificar, poderá usar o aplicativo “Wifi Analyser” que exibe a força de sinal, bem como o canal em que os mesmos estão a funcionar. Se necessário, aceda as configurações do router para mudar o canal da sua rede.



Se o seu router (e dispositivos conectados) suportarem, poderá mudar a banda de 2.4 Ghz para 5 Ghz. Não só envia os dados mais rápido, como possui mais canais de comunicação.

5. FirmWare

Por fim, se nada resultar, aceda ao site do fabricante e verifique se existe uma nova versão do firmware. Por vezes, uma Internet instável é resultado de um sistema operativo com “bugs” que pode ser resolvido com um download.

Como "desvirar" a tela do Windows (Soluções) - Inverter tela

Por Jorge Sampaio → domingo, julho 16
Já lhe aconteceu o seu Windows começar a exibir a imagem de tela invertida (cima para baixo)? Não se preocupe, não será necessário virar o monitor ao contrário para corrigir, bastando aplicar uns procedimentos simples que corrigem a orientação da imagem.

Como desvirar a tela do Windows Soluções - Inverter tela

Está situação é na verdade mais comum do que possa parecer, bastando para isso pressionar acidentalmente uma combinação errada de teclas de atalho, definir configurações erradas, ou até mesmo conectar outro dispositivo.

1. Teclas de atalho



Na maioria dos casos este erro acontece porque o usuário pressiona acidentalmente uma combinação de teclas especificas. Para corrigir, experimente pressionar as seguintes combinações de teclas:

  • Ctrl + alt +
  • Ctrl + Alt +
  • Ctrl + Alt +
  • Ctrl + Alt +


2. Mudar orientação da imagem:



Se não obtiver resultados, poderá experimentar mudar a orientação da imagem diretamente nas configurações do Windows. Você poderá pré-visualizar o resultado antes de aplicar a nova orientação definitivamente.

Windows 10: Pressione com o botão direito do rato numa área vazia do Ambiente de trabalho, e aceda a opção “Definições de visualização”. No menu "Ecrã" (ou Tela) selecione a “Orientação” para "Horizontal". O Windows irá exibir uma mensagem, pedindo para confirmar a alteração.

orientação da imagem no windows


Windows 8 : Pressione a tecla Windows e pressione "Painel de Controlo". Agora clique em “Ajustar a resolução do ecrã” localizada em “personalizar”. Mude a aparência orientação mude para “Orientação” para "Horizontal".

Como Vender Fotos na Internet (para banco de imagens)

Por Jorge Sampaio → sábado, julho 15
Pretende vender as suas fotografias na Internet, ganhando uma comissão por cada venda realizada? Existem diversos bancos de imagens receptivos a promover e vender as suas fotografias. Esta solução poderá ser bastante útil para fotógrafos, mas não só, bastando para isso que as suas fotografias cumpram os requisitos de qualidade.

Como Vender Fotos na Internet


Quais os requisitos?




Existem diversos tipos de utilizadores interessados em comprar as suas fotografias, desde blogueiros, empresas, jornais, revistas, etc. Como tal, as suas fotografias serão analisadas antes de começarem a ser vendidas.

Dessa forma, é criado um "ambiente seguro", garantindo que as fotografias cumprem toda a legalidade antes de serem vendidas. Para isso, é essencial que:

  • Seja o autor de todos os arquivos que carrega;
  • Tenha 18 anos de idade, ou mais;
  • Possui todos os documentos e direitos necessários para lhe permitir mostrar e usar os seus arquivos, assim como os elementos correspondentes (autorizações de modelo, autorizações de propriedade, etc.).

Qualidade da fotografia 


As fotografias devem obedecer a alguns padrões de qualidade, nomeadamente em termos de resolução mínima e tamanho máximo. 


  • As fotografias devem ser em formato JPEG/JPG;
  • A resolução mínima é de 3.8 MP (2400 x 1600 píxeis);
  • As fotografias não podem exceder os 50 megabytes.


Pronto para começar a vender as fotos?


Agora que compreendeu o tipo de fotos que poderá vender na Internet, está na hora de criar um conta gratuita no DepositPhotos.

Comece por enviar uma "amostra" de 5 fotografias para que o serviço possa avaliar o seu "potencial". Juntamente será necessário enviar um documento de identificação para que possa concluir a criação da sua conta de colaborador.

vender fotos na internet


Quando terminar, clique em "Submeter para Aprovação" e aguarde a resposta. Entretanto, talvez queira conhecer outras formas de ganhar dinheiro na Internet.

Microsoft Edge não abre - Como resolver o problema? [Soluções]

Por Jorge Sampaio → quarta-feira, julho 12
O Microsoft Edge é um navegador relativamente novo, e como tal, é normal que possam surgir algumas falhas. Felizmente, o Windows 10 possui várias ferramentas intuitivas, que permitem resolver o problema, mesmo quando o Microsoft Edge não abre.

Microsoft Edge não abre


1. System File Check (SFC)


O Microsoft Edge é um aplicativo integrado no próprio Windows, e como tal, também poderá usar a ferramenta SFC, para verificar e corrigir erros nos arquivos do Edge.

Para isso, comece por pressionar as teclas de atalho CTRL+ SHIFT + ESC,  para iniciar o gestor de tarefas. Aceda ao separador Ficheiro (ou Arquivo) - Nova Tarefa.

Na caixa que surge, digite cmd.exe e marque a caixa de verificação “Criar esta tarefa com privilégios de administrativos”.

cmd privilégios de administrador


Na linha de comandos do Windows digite o seguinte comando:

sfc /scannow

O Windows irá iniciar a verificação dos arquivos do sistema, e corrigir todos os problemas encontrados, mesmo os problemas não relacionados com o Microsoft Edge (o que até poderá ser benéfico).

sfc scannow


2. Reinstalar o Microsoft Edge

Em alternativa, poderá reinstalar o Microsoft Edge. Para isso, será necessário usar o Windows PowerShell (uma versão “musculada" da linha de comandos).

Este procedimento é bastante profundo, e como tal, é importante criar um ponto de restauro antes de avançar. Dessa forma, será possível reverter as alterações, caso algo corra mal.

Em primeiro lugar, comece por aceder à pasta "Este PC" através do Ambiente de trabalho e navegue até ao seguinte diretório:

C:\Utilizadores\%nome_de_usuário\AppData\Local\Packages\Microsoft.MicrosoftEdge_8wekyb3d8bbwe. Apague todos os arquivos incluídos nessa mesma pasta.

reinstalar microsoft edge



  • Não se esqueça de alterar o "nome_de usuário", pelo nome da sua conta Windows.
  • Não encontro a pasta "AppData", e agora? Na parte superior da janela aceda ao menu "Ver" e marque a opção "itens ocultos".


Agora aceda à linha de comandos do PowerShell. Para isso, basta digitar PowerShell na pesquisa do Windows e clicar com o botão direito do rato no ícone do aplicativo. Selecionar "Executar como administrador", caso contrário o PowerShell exibirá erros de "Acesso Negado"..

powershell


Digite o seguinte comando:

Get-AppXPackage -AllUsers -Name Microsoft.MicrosoftEdge | Foreach {Add-AppxPackage -DisableDevelopmentMode -Register “$($_.InstallLocation)\AppXManifest.xml” -Verbose}

Se tudo correu bem surgirá uma mensagem igual a esta:

reset do microsoft edge


Na próxima vez que iniciar o Microsoft Edge surgirá uma mensagem indicando que o seu navegador fez um reset.

3. Malware

O Malware (vírus, spyware, etc.) também pode comprometer a estabilidade do seu navegador, e fazer com que o mesmo apresente comportamentos "estranhos", como abrir muita propaganda ou páginas que não foram solicitadas.

Para eliminar todo o Malware do seu Windows, realize os procedimentos do seguinte tutorial: Como eliminar vírus do PC.